spot_img
sexta-feira, agosto 12, 2022
MAIS

    ULTIMAS NOTICIAS

    Novo estacionamento rotativo traz melhorias ao sistema

    A partir dos próximos dias, Jaraguá do Sul terá em funcionamento um novo sistema de estacionamento rotativo, que trará mais agilidade e facilidade em sua utilização. A informação é do secretário de Planejamento e Urbanismo da Prefeitura de Jaraguá do Sul, Eduardo Bertoldi, destacando que a empresa gaúcha Rek Parking, vencedora da licitação do estacionamento está instalando os parquímetros para que o sistema comece a operar nas próximas semanas. Pelo contrato, a data limite para o início das operações é 16 de maio.

                                OITO POSSIBILIDADES DE PAGAMENTO

    Bertoldi considera que o novo sistema trará avanços importantes em relação ao anterior, cujo serviço foi finalizado há cerca de dez dias. “São oito possibilidades de pagamento, que o condutor terá, desde cartões de crédito e débito, PIX por QRCode, smartcard, pelo aplicativo da Rek Parking, nos pontos de venda credenciados ou ainda com moedas”, explicou. No anterior, eram apenas três opções de pagamento da tarifa. Bertoldi lembra que no sistema anterior, uma das reclamações era sobre a dificuldade de conseguir moedas para pagar pelo tempo em que o veículo ficava estacionado em área azul. “ O pagamento poderá ser feito também aos monitores. No sistema anterior tínhamos 12 monitores e no novo serão 24 monitores”, disse.

                                          PONTOS DE VENDA

    O novo sistema terá pontos de venda credenciados, que são estabelecimentos comerciais ao longo das ruas monitoradas.

                                                TOLERÂNCIA

    O secretário explica ainda que haverá tolerância de dez minutos para o veículo que ficar estacionado sem pagamento. Caso o veículo não esteja regularizado, terá dez minutos para regularizar. E, no caso de estar regularizado, mas já com o ticket vencido, terá mais cinco minutos de tolerância para regularizar ou retirar o veículo da vaga.

    A fiscalização do sistema será feita por meio de um veículo equipado com câmera, além dos monitores e também por policiais militares. A chamada TPU (Taxa de Pós Utilização) não mais existe, em razão de decisão judicial do início do ano passado, o que significa que o veículo estacionado sem regularização será multado, conforme previsto no Código de Trânsito Brasileiro.

                                        RUAS MONITORADAS

    Serão monitoradas 34 ruas da área central. Todo o sistema contará com 2.048 vagas, sendo 1.464 destinadas à Zona Azul, 413 para motocicletas, 82 para idosos, 43 para pessoas com deficiência, 23 vagas de Zona Branca e outras 23 vagas especiais para carga e descarga.

                                               SISTEMA DIGITAL

    Outro ponto que merece destaque é que pelo novo sistema o motorista não precisará voltar no veículo para colocar o ticket no painel como ocorre atualmente. Realizado o pagamento, os monitores receberão automaticamente a informação pelo celular que o veículo pagou a taxa de estacionamento.

                                                      TARIFAS

    Sobre os valores, o secretário informa que houve a correção abaixo do IGP-M (Índice Geral de Preços-Mercado) acumulado no período em que não houve readequação das tarifas. “Se fosse aplicado o percentual do IGP-M, teríamos uma tarifa de R$ 2,45 para o período de 30 minutos de uso da vaga. Sendo assim, optamos por fixar essa tarifa em R$ 2,00. Readequamos as demais tarifas que ficaram abaixo de outras cidades da região que possuem o sistema rotativo”, comenta ele. Para ocupar uma vaga por 60 minutos, o motorista pagará R$ 2,50; para 90 minutos, o valor será de R$ 3,00; e para duas horas (120 minutos), o valor será de R$ 3,50. Neste novo sistema, caso haja eventual superavit dos valores arrecadados, o mesmo será investido no Fundo do Transporte Coletivo para subsidiar o serviço.

                           MOTOS E SIMILARES PAGARÃO METADE DO VALOR

    A partir do novo sistema, as motocicletas e similares também passarão a pagar pela ocupação das vagas, tarifa essa que estava inativa há 11 anos, desde o início do sistema desativado recentemente. Nesse caso, esses veículos pagarão o valor correspondente a metade das tarifas cobradas de automóveis, devendo sempre estacionarem nas vagas específicas. O pagamento poderá ser por meio de dispositivos específicos. As motocicletas terão as mesmas tolerâncias dos demais veículos.

    A Rek Parking atua em 17 cidades do Rio Grande do Sul, dentre elas, Gramado, Canela, Bento Gonçalves, Caxias do Sul, Cruz Alta e Farroupilha. A empresa tem mais de 20 anos de atuação na gestão, administração e exploração de estacionamentos em locais públicos e privados.

    Latest Posts

    Não Perca

    × Como posso te ajudar?