spot_img
sexta-feira, agosto 12, 2022
MAIS

    ULTIMAS NOTICIAS

    Servidores do Trânsito recebem treinamento sobre semáforos

    Servidores municipais da Diretoria de Trânsito e Transportes da Secretaria Municipal de Planejamento e Urbanismo de Jaraguá do Sul estão recebendo nesta semana, capacitação para uso do sistema adaptativo (semáforos inteligentes) recentemente instalados em diferentes cruzamentos da cidade. O treinamento está sendo feito pela empresa DATAPROM de Curitiba, responsável pela instalação dos equipamentos. Profissionais das áreas de engenharia e arquitetura e eletricista da Secretaria estão recebendo orientações sobre gerenciamento e operacionalização do semáforos inteligentes, por meio do software Antares, que integra todas as funções do sistema.

    “Por esse sistema, os técnicos poderão analisar em tempo real e de forma on-line a situação, não somente dos semáforos inteligentes como também de todos os demais semáforos existentes na cidade, uma vez que pelo novo sistema todos os semáforos da cidades estão 100% interligados”, disse o o engenheiro eletricista e especialista em mobilidade urbana, Alexei Fonseca, da DATAPROM. “Além disso, será possível realizar os ajustes que se fizerem necessários otimizando as funcionalidades dos novos equipamentos”, completou.

    Para o Secretário de Planejamento e Urbanismo, Eduardo Bertoldi, a intenção é dotar a cidade de equipamentos que melhorem o fluxo de veículos e que venham a contribuir com a mobilidade urbana.

    Atualmente, Jaraguá do Sul possui 64 cruzamentos com semáforos. Em sete destes cruzamentos já estão instalados os semáforos inteligentes, e a intenção nos próximos meses é instalar os semáforos inteligentes em outros sete cruzamentos.

                             ENTENDA O QUE SÃO SEMÁFOROS INTELIGENTES

    Trata-se de um conjunto de software e hardware com uma programação que automatiza o ajuste nos ciclos de tempos dos cruzamentos semaforizados dando prioridade à via com maior demanda sem a necessidade de intervenção humana.

    Esse sistema parte do princípio da definição do valor do headway entre os veículos – tempo entre eles. E o tempo de distância é percebido por sensores – no caso câmeras para vídeo detecção –, que são responsáveis por calcular e organizar esse fluxo. Elas não têm função fiscalizatória.

                                                     MAIS NOVIDADES

    Paralelo ao treinamento, a Diretoria de Trânsito e Transportes está em tratativas com a Polícia Militar para interligar as câmeras de videomonitoramento ao software Antares, e assim permitir que no caso de acidentes, veículos quebrados ou eventuais obras ou eventos, os profissionais da Prefeitura possam agir com mais rapidez e de forma remota, fazendo as intervenções de modo a agilizar o fluidez do trânsito minimizando a ocorrência de engarrafamentos.

    Latest Posts

    Não Perca

    × Como posso te ajudar?