Descoberta de barco pesqueiro com cocaína na África leva a ação da PF em SC e outros quatro estados

0
2

A descoberta de um barco pesqueiro com cocaína na costa da África desencadeou uma operação da Polícia Federal contra o tráfico internacional de drogas em Santa Catarina e outros quatro estados ontem. Ao menos 21 mandados de prisão e 41 de busca e apreensão são cumpridos. Conforme a PF, a embarcação foi localizada em abril de 2022 na costa africana. Ela estava carregada com 5.427 quilos de cocaína. Sete pessoas, que estavam no barco, foram presas em flagrante — cinco brasileiros e dois montenegrinos.

Ainda durante as investigações, outro pesqueiro carregado com cocaína foi encontrado em alto mar. A apreensão ocorreu em Fortaleza, no Ceará, onde seis pessoas foram presas em flagrante. A ação contou com o apoio de autoridades de Cabo Verde, Estados Unidos e Inglaterra. Batizada de Operação Dontraz, o alvo é uma organização criminosa especializada no tráfico internacional de drogas. Nesta quinta-feira são cumpridos 17 mandados de prisão preventiva, quatro de prisão temporária e 41 de busca e apreensão. Também foram decretadas ordens judiciais para o sequestro de bens e bloqueio de contas bancárias.

Em Santa Catarina, são dois mandados de busca em São Francisco do Sul e Itapoá, no Litoral Norte catarinense. Além do estado catarinense, as buscas ocorrem em São Paulo, Ceará, Paraná e Rio Grande do Norte. A ação conta com apoio da Marinha do Brasil, da Polícia Militar de São Paulo e Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará. Os investigados devem responder pelos crimes de tráfico transnacional de drogas, organização criminosa e lavagem de dinheiro. As penas podem chegar a 40 anos de prisão.

Nsc/ Foto; Polícia Federal/Divulgação